Análise de ‘Crash Team Racing Nitro Fueled’

Análise de ‘Crash Team Racing Nitro Fueled’

Olá, guardiões! Já se passou uma semana desde o lançamento de ‘Crash Team Racing Nitro Fueled’ e já o joguei por várias horas, então aqui está a análise que disse que faria.

Vamos começar pela jogabilidade. É possível escolher dois tipos de controle com pequenas diferenças, com a diferença principal sendo o acelerador no botão X no PlayStation 4, A no Xbox One ou B no Nintendo Switch ou então o gatilho direito, (R2, RT ou ZR). Acho que era assim no original, mas senti falta da opção de acelerar movendo o analógico direito para cima como em outros jogos de corrida, adicionar essa opção teria sido ótimo, mas fora isso não reclamo de nada na jogabilidade.

Um fator muito importante no jogo é o sistema de drift com turbos que é o maior diferenciador do nível de habilidades do jogadores e talvez seja um pouco difícil pegar o jeito, mas prática, qualquer um logo se acostuma. Para dominar completamente o sistema de Drift é preciso de treino e conhecimento considerável das pistas, sendo algumas bem fáceis e outras bem difíceis, mas o processo de melhora é bastante divertido.

Os gráficos do jogo, a forma que os detalhes das pistas foram aprimorados e adicionados junto com a customização da aparência dos personagens e dos veículos eleva muito a diversão de CTR Nitro Fuled se comparado ao original. A formas que modificações são liberadas no modo história ou com as moedas adquiridas dentro do jogo aumentam a vontade dos jogadores de continuarem jogando.

As pistas adicionadas de ‘Crash Nitro Kart’ também estão incríveis e aumentam a quantidade de pistas disponíveis em CTR Nitro Fueled, além de algumas delas estarem entre as mais difíceis do jogo. Os chefões de CNK também são jogáveis e meu personagem favorito de usar até agora é um deles, o Nash.

Agora em relação ao sistema online, inicialmente havia poucos jogadores, mas o número vem aumentando diariamente. Nos primeiros dias ocorriam alguns bugs de travamento, desconexão do lobby e coisas do tipo, mas estão sendo consertados. A diferença do serviço online do primeiro dia do jogo para o de hoje é enorme. Alguns jogadores estão em um nível bem elevado, mas assim como eles treinaram para se tornarem tão bons, todos podem fazer o mesmo.

Dentro do jogo há um modo de ‘Time Trial’ com o objetivo de completar cada corrida com o menor tempo possível para se treinar e ele possui ‘fantasmas’ do percurso do N. Tropy (Dificil) e do Oxide (Muito Difícil) para enfrentarmos e aprendermos como correr em altíssimo nível em cada corrida.

Acredito que esses são os pontos principais do jogo e lembrem-se que conteúdo novo (pistas, personagens, opções de customização…) serão adicionados periodicamente, então além de ‘Crash Team Racing Nitro Fueled’ ser muito divertido e desafiante, ainda trará novidades com o tempo e apesar dos pequenos problemas que citei, tem minha aprovação.

Nota final: 9 / 10

Até a próxima, guardiões!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.